Temporal derruba árvores, postes e destelha casas no município
19/10/2017 - 19h56 em Geral

 

Um forte temporal atingiu São Vicente do Sul na madrugada desta quinta-feira (19), causando prejuízos e estragos por toda a cidade. Pela manhã, o cenário era de completa desorganização e sujeira causada pela queda de árvores, postes deitados, além da movimentação em lojas de materiais de construção de pessoas que tiveram casas ou galpões atingidos pelo forte vento.

Durante uma caminhada pela cidade, podia-se observar a movimentação dos moradores e comerciantes que trabalhavam para recuperar suas casas e lojas de comércio. Na praça central, servidores faziam a limpeza de galhos que se quebraram e cortavam árvores tombadas pela tempestade. Nas ruas, nas frentes de casas, vizinhos, amigos e parentes se procuravam para saber se estava tudo bem e se não precisavam de ajuda. Ainda pela manhã o vice-prefeito Vagner Totti esteve visitando o hospital São Vicente Ferrer, que também teve algumas telhas levantadas, e garantiu que a situação estava contornada e que o atendimento aos pacientes internados também seguia padrão, já que a energia havia sido reestabelecida via gerador. Segundo Totti (PTB), o prefeito Paulo Sérgio Rodrigues Flores (PMDB) também estava em averiguações no interior do município, onde o temporal também causou prejuízos.

Além do cenário, a falta de energia elétrica e água agravaram a situação de quem necessitava fazer limpeza em suas residências. Com exceção da telefonia fixa e da operadora Claro, não havia sinal de telefonia móvel na cidade, dificultando a comunicação. Uma força tarefa foi montada na prefeitura municipal para atender aos atingidos pelo temporal que necessitavam de lonas e ajuda na recuperação das casas. Em alguns estabelecimentos comerciais, a solução foi instalar geradores de energia como forma de manter o atendimento e até mesmo para não perder produtos que necessitam de refrigeração.

Locais como o presídio Estadual e escolas também tiveram problemas com a ventania. No presídio, uma parte do telhado acabou levantando no prédio principal, e no albergue avarias também foram registradas na cobertura. Na avenida Manoel Cipriano D’Ávila, o teto do prédio que abriga a inspetoria veterinária saiu completamente. De acordo com Adalberto Cony, que mora com a família no prédio, a solução foi colocar lonas para proteger os móveis. No bairro Novo Horizonte, vários destelhamentos foram registrados. Uma casa teve o telhado arrancado e uma parede derrubada pela forma do temporal. Danos também foram registrados nos postos de saúde da vila Fernando Pahim e Lauro Prestes. No Instituto Federal Farroupilha, a situação não foi diferente, apresentando vários danos em prédios e galpões da instituição.

 

Texto/Fotos: Ronei Bueno (*As imagens podem ser livremente usadas mediante citação da fonte)

Confira nossa galeria de imagens

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!